Saúde e Sexualidade Juvenil

  As mudanças na puberdade As mudanças na puberdade
As mudanças na puberdade

A sexualidade existe desde o desenvolvimento embrionário e é marcada por diferentes fases de manifestações sexuais.  Na infância, com exceção dos órgãos genitais, o corpo das raparigas é muito semelhante ao dos rapazes, sem cintura e ancas pronunciadas, os ombros estreitos, o peito liso, pequenos mamilos e um tom de voz parecido. Durante o seu crescimento,  à medida que se vão desenvolvendo, os seus órgãos genitais vão amadurecendo até ficarem prontos para poderem ser pais e mães quando forem adultos. Na puberdade, uma pequena glândula situada na base do cérebro chamada pituitária ou hipófise, liberta substâncias químicas (hormonas) no fluxo sanguíneo. Estas substâncias ativam o processamento das glândulas sexuais provocando o seu funcionamento. Nas raparigas, estas glândulas são os ovários e nos rapazes são os testículos. Estas alterações fisiológicas não acontecem a todos os rapazes e a todas as raparigas ao mesmo tempo. Cada indivíduo tem o seu próprio ritmo, o qual deve ser respeitado. Contudo, sabemos que a puberdade começa geralmente entre os 8 – 12 anos e está completa quando termina o processo de desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários (masculinos e femininos); normalmente, este processo caracteriza-se pela aquisição da capacidade reprodutiva.

Na rapariga, a puberdade começa com o aparecimento da menarca (primeira menstruação) e no rapaz inicia-se com a possibilidade de ejaculação e com os primeiros "sonhos molhados”. Isto surge frequentemente entre os 12 e os 14 anos, apesar de variar consoante o ritmo de crescimento de cada um.   

A puberdade significa um conjunto de alterações físicas que acontecem na vida dos rapazes e das raparigas que marcam o início de uma etapa muito importante, a adolescência.  

É comum existirem nesta fase sentimentos contraditórios, ora te sentes criança, ora te sentes adolescente. Em algumas situações podes sentir-te bem no teu corpo, noutra desconfortável num corpo que está a mudar e que, por vezes, não reconheces.
Alguns autores avaliam a adolescência como uma situação de crise onde coexistem oportunidades e riscos. Trata-se de uma etapa em que te podes sentir muito vulnerável.
As emoções são vividas com muita intensidade por vezes com desejos contraditórios. O teu universo está a ampliar-se. Fazer perguntas e discutir ideias é o início da busca da tua identidade sexual.    

Nas raparigas observa-se um aumento na altura e no peso, as ancas alargam e tornam-se mais redondas, os seios desenvolvem-se e começam a crescer os pelos púbicos, a pele fica mais oleosa e as glândulas sudoríparas tornam-se ativas. Os ciclos menstruais assinalam um importante marco na vida das jovens. Quanto melhor conheceres e valorizares o teu corpo, melhor te sentirás nele.    Os rapazes são, habitualmente, mais altos, mais fortes e com mais massa muscular. Os ombros e o peito alargam e os músculos começam a desenvolver-se. O pénis e os testículos crescem, começando a produzir esperma, e surgem os pelos púbicos. À medida que o tempo passa, as cordas vocais engrossam, o que torna a voz mais grossa, embora possa produzir, por vezes, sons agudos. Podem ainda surgir alguns pelos no peito. Os pelos nos braços e nas pernas ficam mais grossos e os pelos púbicos tornam-se mais espessos. As glândulas sudoríparas começam a funcionar.   O despertar para a sexualidade é um processo que acompanha as transformações corporais iniciadas na puberdade. Para que o crescimento se dê de uma forma harmoniosa, satisfatória e completa, é necessário que este processo seja acompanhado de maturação psicológica. Tudo se passa num tempo de descobertas e expectativas, em que o desejo e o prazer são novas sensações que podem despertar dúvidas, medos e angústias, por ser desconhecido o que está a acontecer. Vais tomando consciência de ti como ser sexual e sexuado, que se relaciona consigo próprio e com as outras pessoas, de forma característica e pessoal. Começas por ter que aceitar as modificações do teu corpo, que perde as formas de criança para adquirir características e funções próprias da idade que se aproxima... a idade adulta!

A menstruação nas raparigas e a primeira ejaculação nos rapazes são os sinais evidentes que a mudança começou. Quando somos nós a mudar e a crescer tão radicalmente, poderá não nos parecer tão simples. Talvez ajude pensares que também os teus pais, professores e os(as)  amigos(as) mais velhos atravessaram esta fase, possivelmente com as mesmas dúvidas e receios. Neles/Nelas com certeza, poderás apoiar-te, se te sentires à vontade. A tua capacidade para lidar com estas inquietações pode associar-se à descoberta do prazer e de ti próprio(a) enquanto pessoa.
Partilha esta informação E-mail | Facebook | Twitter
pesquisa
eventos
fala connosco
Linha da Juventude707 20 30 30
Linha
da Juventude
Ponto Já
   
Sítio acessível
segundo as normas do W3C